2008/02/20


Mais um pequeno exemplo de manipulação

Outros títulos para este post: “Atendendo ao chamado”, ou ainda talvez: “Chama, chama, e ninguém atende”.

Nessa discussão toda entre jornalistas e blogueiros, faltou falarem de uma diferença importante: Alguns jornalistas (não são todos) possuem uma avançada habilidade retórica. Alguns nem mesmo sabem disso, são talentos naturais... E boa parte destes empregam este talento de forma meio descuidada, às vezes sem saber muito bem a quem beneficiar, só querendo fazer o circo pegar fogo. Outros sabem sim, e defendem por exemplo interesses de organizações poderosas, vips engravatados et cætera. Estes jornalistas são geralmente colocados na “direita”... A retórica mais mundana da “esquerda” geralmente não é muito avançada. (Mas isso é porque eles gostam mais de usar a força da nossa razão.)

Olha por exemplo essa reportagem aqui.
Yahoo! Tecnologia - professor-russo-compra-briga-gigantes-mundiais-software.

Porque que é que o cara fala com toda a naturalidade:

empresas como a Microsoft

e depois:
o chamado software livre

???

O que essa notícia faz indiretamente é doutrinar as pessoas, dizendo que é super natural conhecer a Microsoft, e por outro lado que é incomum ouvir falar de software livre. Menciona o conceito como sendo algo distante, que não tem um nome adequado para mencionado diretamente, mas apenas um nome que um grupo alienígena de pessoas utiliza, que não seria canônico, requerendo assim um “o chamado”... Algo como introduzir num texto uma palavra de uma língua estrangeira, ou pior, de alguma população nativa “exótica” de uma área sendo colonizada (palavras indígenas na América).

Gostaria ainda de apontar que a reportagem misturou promiscuamente os termos “software livre,” “código aberto” e ainda “domínio público.” Estes termos todos significam coisas bastante específicas, e não são sinônimos. Eles provavelmente queriam dizer “software livre” em todos os casos.




Aproveito o ensejo pra falar da enquete engraçada que montei aqui do lado outro dia. Curioso a respeito de quais sistemas operacionais será que meus leitores mais usam, tentei ser o mais vasto e amplo o possível ao listar sistemas que conheço pra fazer uma boa amostragem... Espero não ter esquecido de nenhum SO relevante.

Qualquer SO que se enquadrar na categoria “outros” da enquete é algum tão obscuro que eu acredito merecer ser precedido com um “o chamado” em meu blog. Por exemplo, o chamado IRIX é um sistema bacana da SGI, tipo UNIX, que vinha em suas máquinas, mas que foi recentemente abandonado por ela em troca do Linux. Eles trabalham hoje com as seguintes distros: a chamada Red Hat e a chamada SuSe... Mas certamente essas máquinas também rodam Debian, com um desempenho ainda melhor.

2 comments:

Carina said...

Software livre? Isso só pode ser coisa de russo comunista que vive nos montes urais!...


:P

Narcélio Filho said...

Eu marquei "Outros" porque não considero que "Linux" seja um Sistema Operacional! >:^)