2008/01/28


Dias de leões gordos e ovelhas magras

Dizem por aí que Mussolini tinha mania de dizer que "mais vale um ano de lobo do que 100 anos de ovelha". Já ouvi variações com leão ao invés de lobo, com 1 dia ao invés de 1 ano, 100 dias ao invés de 100 anos, e com 1000 ao invés de 100...

Meu irmão, personagem recorrente deste blog, tava horrorizando outro dia dizendo que viu em algum lugar esta frase atribuída à Madonna, achando bizarro que a imprensa publicou este pretenso grito-de-guerra fascista, emblema ditatorial direitista, e que a Madonna teria apoiado esta idéia tão tenebrosa quando o próprio holocausto nazista, ou a invasão da Eritréia em si.

Eu lembro mesmo da frase, mas de repente fui atacado pela curiosidade... De onde ela vem afinal? Será que o Benito falava mesmo isso todo dia? Será que ele chegava lá nas sacadas, com suas banhas e chapeuzinho, e saudava o povo e falava "si, si, Iiiio, Benito Mussolini siempre diggo: mais valle un anno de lupo: 'auuuuuu' que centtanni de ovellie: 'beee'...". Decidi que queria ver isso em algum discurso, qualquer coisa... Por que discurso do Hitler falando em Reich de 1000 anos, por exemplo, eu já vi bastante pelos filmes aí afora...

Vamos combinar, a gente tem muito mais acesso ao supracitado ditador saxão do que às suas contrapartidas do Mediterrâneo e península Ibérica. Não acho difícil que "lendas" surjam por aí sobre o que o cara falava ou não falava. E a frase, cá entre nós, é tão banal. Difícil imaginar que não seja um provérbio antigo. E eu bem tenho me surpreendido ultimamente porque tenho ouvido muito provérbios tradicionais italianos, e de outros lugares, super interessantes, e que nunca tinha escutado. Não poderia ser o caso?

Minha busca tá é me levando a concluir de que isso tem origem no norte da Índia!... Dá uma sacada nessa página aqui. Diz que um certo sultão Tipu Sahib citou isso em 1799 no conflito em que morreu. Diz ainda que isso seria um provérbio Tibetano tradicional (origem do título de um certo livro).

A página da Wikipédia sobre o sujeito é bem interessante, parece ser uma figura que eu deveria conhecer melhor! Lá tem três citações, uma delas o tal pretenso lema maior fascista:

The following proclamations were issued by Tippu Sultan:

* "Agriculture is the life blood of the nation…" (1788 AD)
* "There can be no glory or achievement if the foundation of our palaces, roads and dams are mingled with the tears and blood of humanity…" (1789 AD)

He is quoted as having said: "It is far better to live like a Tiger for a day than to live like a sheep for a hundred years".


Dêem uma sacada nessa segunda frase do cara. Duvido que um fascista diria isso, pelo contrário! O negócio do Mussolini era bem dizer que era com o sangue do povo que eles iriam que reconstruir os históricos aquedutos romanos. Já dá pra começar a questionar a idéia de que fascismo é querer ser lobo ao invés de ovelha.

Procurando mais sobre isso, encontrei muitas páginas sobre a alpinista Alison Hargreaves (que fazia aniversário no mesmo dia que eu!), primeira mulher a subir o Everest sozinha. Parece que na ocasião de seu falecimento em 1995, em serviço, o marido mencionou a tal frase tibetana / budista, tornando o tal provérbio bastante conhecido mundo afora (ou ao menos nos mundo anglo-saxão). O tal livro de Anne Haverty é de 1997, depois portanto do falecimento de Alison, e pode ser que esta autora tenha ouvido falar da frase só por causa disso.

Aliás, pelo que eu pude encontrar, a Madonna teria dito a tal frase em 1996, podendo portanto ter ouvido isso também por causa de Alison. Estranho ninguém ter identificado nisso a suposta frase Benitina. E pior ainda terem saédo falando que ela inventou essa frase.

Isso deveria consolidar a noção de que a frase é antes de mais nada um provérbio tibetano. E eu não duvido nada que a família de uma experiente alpinista do Everest conhecesse bem provérbios Tibetanos... Mas é claro que ainda é possível que eles fossem muuuito colonizadores escrotos (o que é possível), e na verdade algum amigo disse isso pra eles um dia, e eles saíram repetindo sem jamais perguntar a algum Sherpa se é mesmo um provérbio de lá. Mas enfim... A história do Tipu lá corrobora tudo...

Mas continuando no "front" europeu da investigação, já encontrei um punhado de páginas das pessoas falando que o Musso dizia mesmo o lance das ovelhas. Eu até comecei a me perguntar se o manifesto futurista por acaso não fala nada sobre "o desprezo às ovelhas"... Agora, o que encontrei mesmo foram muuuuuitas páginas de americanos preconceituosos a respeito do fascismo falando da tal frase. Sim, porque é possível ter preconceito sobre fascistas e nazistas... Lutar contra esse preconceito não significa que eu os defenda, mas a gente tem que saber exatamente do que se tratava, como eram et cetera. Eu luto, antes de mais nada, é pelo conhecimento da verdade. E não só tem gente anti-fascista que sofre desse preconceito e conhecimento superficial, como tem fascistas simpatizantes que também tem apenas esse conhecimento superficial, vivem admirando uma imagem falsa, criada pelo cinema, roliúde e pelo boca a boca...

Minha hipótese é de que foi no boca-a-boca que se espalhou esse lema da ovelha, e de que se perguntasse pro Musso mesmo, ele não diria que esta é uma frase boa pra servir de emblema maior de sua ideologia e vida. Pra testar isso, vamos pegar algumas outras frases do Musslini, aqui desse site de aparência mais séria. Olha bem o tipo de coisa que o cara realmente gostava de falar:

Democracy is beautiful in theory; in practice it is a fallacy. - Benito Mussolini

Fascism is a religion. The twentieth century will be known in history as the century of Fascism.

Fascism should more appropriately be called Corporatism because it is a merger of state and corporate power.

Inactivity is death.

Socialism is a fraud, a comedy, a phantom, a blackmail.

The function of a citizen and a soldier are inseparable.

The history of saints is mainly the history of insane people.

War is to man what maternity is to a woman. From a philosophical and doctrinal viewpoint, I do not believe in perpetual peace.

The truth is that men are tired of liberty.

The mass, whether it be a crowd or an army, is vile. - Benito Mussolini


Achei a última frase especialmente interessante. O caos provocado pelas turbas ensandecidas é bem algo que marcou a vida do duce, em especial o fim dela! Mas vejam bem as frases. O cara era mesmo um grande frasista... Mas a frase das ovelhas não tá nesse site aí não. (não que eu duvide mesmo que ele tenha dito isso, mas quero uma confirmação)

Agora a melhor frase de todas, um negócio meio Rambo assim!

Let us have a dagger between our teeth, a bomb in our hands, and an infinite scorn in our hearts. - Benito Mussolini


O que eu quero argumentar é o seguinte: O cara não perdia tempo pregando o fascismo de forma velada, oculta sob algum lema tibetano de interpretação dúbia não. O cara falava era na cara mesmo, meu. Com o sujeito o negócio era faca nos dente!!!...

Como diabos o cara pode ter lançado tantas frases fortes, abertas e cheias de certeza como: "todo cidadão é um soldado", e a única frase atribuída a ele a ficar famosa é uma proverbinho Esopiano bobinho desses, negócio de ovelhinha e sei lá que? Lendinha dos monges Tibetanos que poderia ter sido cantada por Raul em parceria com Paulo Coelho?

O lema do lobo e da ovelha fala na verdade uma coisa que qualquer um é capaz de concordar: Viver tem que valer a pena, ficar parado "esperando a morte chegar" (olhaí as palavras do poeta Raul) não é auspicioso. É só isso. Não é nada fascista não, pô. Fascismo é aquele lance ali, ó, bomba, estado guerreiro, morte e tals.

Ja vi na Internet um monte de americano falando assim "O fulano tem um amigo de um irmão do primo dele que é fascista! Ele faz a saudação do duce, e depois fala que é melhor viver um ano de leão do que 100 de ovelha!". Ou falando que "o cara tinha na carteira uma foto do do papa e outra do Mussolini escrito atrás que é melhor viver..."

Tipo, alguém aqui tá sendo muuuito ingênuo nessa história. Ou esses neo-fascistas são uns bostas que tão seguindo um lema que tem mais a ver com Paulo Coelho do que com o velho Musso, ou essas pessoas todas aí, que acham que sabem o que é ser fascista, na verdade não sabem nem o começo da história.

Fãs da Madonna Ciccone: podem ficar tranqüilos. Ela certamente gosta mais de discutir se a Alice tinha ou não direito de ter se sacrificado, sendo mãe, do que discutir se o domínio da Eritréia é ou não uma vocação natural da Itália, curvando-se ao "fardo do homem branco".

As pessoas deviam antes era se preocupar mais com as opiniões políticas da Brigitte Bardot sobre imigração, por exemplo. E cá entre nós, também é um teminha pra lá de infantil comparado com o verdadeiro fascismo. Chamar isso de "direita" dá até dó, se vc comparar mesmo com a Coisa Real de Fato.

Enfim, continua em aberto: Isso é mesmo um provérbio tradicional tibetano? E Mussolini dizia mesmo essa frase? Nesse caso, de onde ele tirou isso? E no caso contrário, de onde o povo tirou a idéia de que ele fava isso? E como diabos as pessoas saem falando como se a Madonna tivesse tirado isso do chapéu, sendo que tem tantas outras fontes bastantes famosas dessa frase?... Bando de ovelhas...

3 comments:

Daniel Poeira said...

Interessante notar que 2 dessas citações de Mussolini são muito comuns de serem ouvidas em programas de televisão, na imprensa em geral, e em mesas de boteco pelo mundo afora: "o homem é mau" e "democracia é bonito mas não funciona"... Já o conceito de cidadão = soldado é muito comum nos Estados Unidos, corroborado diariamente por filmes e programas de TV que ensinam às crianças que é legal ser soldado e que é bonito morrer pelo seu país - desde que seja em outro país.

NIC1138 said...

Lula mesmo já disse: "democracia tem hora". Mas é sempre bom apontar que se uma pessoa fala algo que Mussolini disse, não quer dizer que ela deve ser fascista... Assim o velho Musso pode sair espalhando truísmos por aí, ou verdades lógicas e científicas, e transformar todos seres humanos do mundo em fascistas!...

Imagina colocar na lista de frases do Mussolini: "bom dia, senhor Gouveia." Aí todo mundo que cumprimenta o velho sr. G vira fascista? Calma lá! :)

Mas que o lance do soldado-cidadão merece mais atenção, merece... Neste mato tem 100 anos de coelho.

Augusto said...

Na Verdade essa frase de que "É preferivel viver 1 ano como leão do que 100 anos como ovelha" é um proverbio italiano e nao é de autoria nem de Mussolini, muito menos de Madonna.