2007/01/16


Redes neuronais

Fui ontem na escola de engenharia nova da UFMG, e me surpreendi em ver lá que colocaram uma placa escrita "laboratório de redes neuronais". Isso é muito importante, porque existe uma enorme briga sobre se é "neural" ou "neuronial". Hoje finalmente resolvi passar a limpo esse problema, ve ro que o velho Houaiss disse antes de morrer, e tomar minha posição Optei por uam terceira via, como vcs verão! :)

primeiro de tudo, vejamos alguns sufixos:

-al sufixo de origem latina,

se em adjetivos,
a) 'relativo, pertencente, concernente a ou próprio de' ...
c) restritivaemnte, na terminologia médica, em adjetivos com a idéia de relativo ou pertencente a um órgão, ou a parte ou a uma substância do corpo humano, ou a uma doença que ele apresente ou desenvolva: abdominal, anal, arterial, bucal...

-io de origem latina, derivando em alguns casos do grego... Parece que é a "f. vulgar" de "-ivo" É um "formador ee palavras"!! :P Não entendi ao certo quando que aparece, quando q é adjetivo, quando qu eé substantivo. Esse povo vem me convencer de que existem regras sistemáticas no estudo da língua, mas no final nas contas é tudo na base do "você sabe do que eu tou falando"! Enfim, vocês entenderam.

'-io não entendi porque isso aqui é separado, o cara fala em "formar nomes com base em adjetivos de 1a classe", sei lá qq isso quer dizer!!

-ico diminutivo, origem latina... "namorico, milico, demonico, burrico"

'-ico (no houaiss eles colocam um acento em cima do hífen!) esse sim, formador de adjetivos, de origem grega. Diz que sua adoção ocorreu de forma "algo parcimoniosa" no latim, mas que a partir do Renascimento difundiu-se o seu uso.

Agora então chegamos na parte que deixa todo mundo nervoso!

nervo (sXIII) 1 ANAT cordão cilíndrico esbranquiçado, formado por fibras motoras e sensitivas, que conduz impulsos de uma parte do corpo para a outra. (...) 8 (encadernação) cordão ou tira de pele que atravessava a lombada do livro e que é costurado sem serrotagem (parece que eles usavam nervo de boi pra isso!) (...) ETIM -> latim, nervus, ver "nerv(i)-"

São aquelas interessantes estruturas que às vezes nos deparamos ao comer um bife de má procedência, não é mesmo?... Ainda não estou certo de o quando o tal "neûron" grego significa especificamente os nossos nervos biológicos, e quanto é uma palvra mais geral pra fios e cordinhas.

nerv(i)- el. comp. antepositivo, do lat. "nervus",1 'nervo' - cog. do gr. "neûron" 'nervo', ver NEUR(O)- e NEVR(O)- -- em pal. de cunho erudito do sXVI (adoro o séc xis vê i!! :) )em diante

hmm agora tá ficando interessante!!!

neur(o)- el.comp. antepositivo do gr. "neûron,ou" 'nervo, fibra' usado em termos científicos (aprox. 500, entre derivados e compostos), em especial da antomia e patologia e das biociências em geral, a partir do s XIX, com acp. de 'nervo, sistema nervoso'

Agora o bicho começa a pegar

neural adj. (1899 cf. CF^1) (um tal Novo Diccionário da Língua Portuguesa dum senhos Cândido de Figueira :P) MED relativo a ou próprio de qqr estrutura constituída de células nervosas ou de seus processos ETIM "neur(o)- + -al" sinônimos: nérveo, nervino

nervoso adj. (sXIII cf. IVPM) (isso aí é um grande índice de vocábulos do português medieval!!... Parece q tem lá na casa de rui barbosa) 1. relativo a nervo, neural. 2. que tem nervo (minha ênfase! :) ) 3,4. que tem força físoca, vigor, blablabla 5. MORF.BOT que apresenta nervuras, nervado, 6,7,8. nervoso, agitado, desequilibraso...

Então qq acontece... o "nervo" tá muito em evidência. O cérebro também é constituída de células "nervosas", que são as mesmas, os "neurônios", mas não é feito por nervos como os que a gente mastiga no bife... Então vejamos o nosso amiguinho enfim.

neurônio s.m. (1899 CF) HISTOL célula do sistema nervoso constituída de corpo celular (núcleo e citoplasma), dendritos e axônio (...) .. ETIM el. neuron- (gr. < style="font-style: italic;">neûron 'fibra, nervo, corda') + '-io f.hist. 1899 neurone, 1899 neurónio

Então é aqui q começa a merda. Neurônio é "a célula do sistema nervoso", é "a célula dos nervos", mas também é a célula do cérebro, que não é uma estrutura de "fios, nervos, cordas", pelo contrário! (apesar de que existem lá os troncos de sei-la-quem, mas estes já começam depois a se ligar de forma planar....)

Aí que que acontece. Nós não estamos nos referindo a redes de NERVOS, mas sim a redes de NEURÔNIOS!!... um nervo é a penas mais um tipo de uma rede de neurônios. Parte da bagunça está provavelmente no fato de que os mesmos sufixos lá são usados pra indicar proveniência tanto "pra cima" quanto "pra baixo"!... O neurônio é uma estrutura "neural" porque "é proveniente de DENTRO dos nervos", mas o sistema é "nervoso" porque é CONSTITUÍDO por nervos, e essas duas palavras são sinônimos! :(((

Então o pessoal queria uma palavra que signifique o seguinte: "estrutura composta por elementos que são os mesmos elementos formadores dos nervos"

o elemento que forma o nervo é o neurônio. Então essa estrutura formada por eles, que não necessariamente é um nervo (como é o caso do cérebro), é uma estrutura "neuronial"!!... Então vamos lá, seguindo de novo o imortal falecido:

neuronial adj.2g. BIO mesmo que NEURONAL .. ETIM neurônio + -al

neuronal adj.2g. BIO relativo a neurônio(s); neuronial, neurônico .. ETIM neurôn(io) + -al cp. ing. neuronal 'id.'

Opa!! Gostei mais foi é dessa aqui, que legal!!

neurônico adj. (1899 CF¹) BIO m.q. neuronal .. ETIM neurônio + '-ico

Então olha que ótimo... não só concordei que não tem nada que falar em rede neural, como ainda digo que prefiro falar em redes neurônicas, já que rima com eletrônica!! :)

Enfim, pra tudo relacionado ao sistema nervoso mais em geral assim, tudo bem falar neural ou nervoso. A neuróglia, por exemplo, é outro tecido que também faz parte da composição dos nervos, segurando os neurônios no lugar. Inflamação nos nervos é neurite, ou nevrite. Quem estuda tumor cerebral estuda neuroncologia (o on veio do onco, e não do mesmo lugar que neurônio!)
Mas a nossa rede é neuronal, pra enfatizar que é composta por "neurônios", e não por nervos, e que as estruturas podem ser mais genéricas do que a dos nervos.


...E toda essa briga é em parte culpa do fato de termos demorado em descobrir que o cérebro é composto pelas mesmas células que os nervos!... E em descobrirmos que as células existem também! :D Culpa do Aristóteles e da igreja católica romana, isso nem precisa falar.

Em tempo, o cérebro "é o órgão da coordenação neural", e parece que existem diversos registos (vai ser metido assim na pqp, falar registo ao invés de registro...) com a grafia "célebro"!!... Seria OK falar em "redes cerebrais" ao invés de "redes neurais"?? Não sei... Sempre fica essa confusão porque não sabemos se estamos falando "uma rede como as que contituem o cérebro" ou se trata-se de "uma rede constituída por cérebros interligados". Rede neuronial/neurônica/neuronal não deixa dúvida porque não dá pra decompor o neurônio em uma rede de elementos. Ele é relativamente "atômico", não é mesmo??... Me pergunto o que Ramón y Cajal pensaria dessa discussão toda.

1 comment:

Gypsy said...

Po, so eu que comento nesse blog! Gostei do assunto - como saempre. Cade a galera comentante?