2008/09/18


Fechando o círculo de fogo na Suíça

Muito boa a qualidade da webcam do LHC. Entrem lá antes de ler o resto, e apreciem por uns instantes, dá pra ver a cada 5 segundos mais ou menos um dos momentos em que uma rajada de neutrons de carga negativa atinge o bloco de Bórax no centro do aparelho, o que causa umas faíscas roxas.

***

Viram que legal?? Muito bom, né? Contribuição de nossa leitora misteriosa, Mme. Z!

Poisé, essa webcam todo mundo pode acessar, tá funcionando bem. Mas lembra quando rolou lá a inauguração do LHC? Eu fiz a maior propaganda, fiquei acordado até tarde... E pra nada! Foi triste. O servidor deles parece que só conseguiu transmitir o tal webcast para um número bastante reduzido de máquinas, e quem não sentou na cadeirinha na hora certa, dançou. Pelo menos eu pude acompanhar pela BBC...

A ironia de tudo é que algo que se fala muito sobre o CERN é ele ter sido o berço da "WWW", esse conjunto específico de protocolos, paradigmas e programas utilizados que formam os serviços que muitos eludem-se ao acreditar que constituem o todo e o fim último da Internet.

Eu fico triste ao constatar que o CERN deu uma aceleração Lorentziana na WWW e ajudou a espalhar a Internet por todo o lado, mas anos depois disto, num momento em que os olhos do mundo se concentraram sobre a instituição, eles promovem um evento na Internet que serviu mais foi pra mostrar como a ferramenta está aquém de nossas necessidades. (ferrmenta - Internet, e não o LHC! :) )

Não conseguiram montar um servidor de vídeo violento, nem rolou mirror, nada... A solução era o que? Multicast né, gente. É usar de fato tecnologias já pesquisadas pra resolver essas coisas, montar uma rede mais flexível, e finalmente implementar por aí o IPv6 e outras milongas mais.

Ou talvez nem isso, não tem uns sites por aí que retransmitem seu vídeo?? Porque ninguém botou o trem lá? Mesmo que tivesse tb, creio que eu teria tido dificuldades pra achar...

***

Tudo bem que a pesquisa deles é outra história correndo em paralelo, e o tal nascimento da WWW que teria ocorrido lá não é algo tão deslumbrante assim. Mas dá pra ter uma impressão de que a WWW saiu do CERN nos anos 90, deu meia volta, e mordeu o calcanhar dos próprios naquele dia. Eles criaram lá esse monstrinho cheio de interfaces que me dão raiva, e que até onde eu sei não concretiza as visões de caras como Douglas Engelbart ou Ted Nelson, e demonstraram naquele dia uma fraqueza da ferramenta. Não rolou!! Sei lá as razões, não rolou, fiquei tristinho. O ciclo histórico se completou, mas não pude acompanhar pela internet enquanto o ciclo de partículas ia se fechando dentro do aparelho.

(Mas façamos justiça ao fato de que pelo menos não precisava de Fresh pra abrir o stream).

Estamos vendo a tal web 2.0 surgir, mas por baixo ela continua mais ou menos a mesma. Muita mudança plástica, nem tanta mudança estrutural. Muitas ferramentas sendo desperdiçadas, seja por interesses de monopolização, seja por pura ignorância ou preguiça.

Quem sabe o incremento de força no CERN não seja o prenúncio agora de uma nova etapa na história da Internet?... Tem muita coisa pra acontecer. Eles estão até envolvidos já com o problema de distribuir o processamento dos dados que vão coletar. Tomara que nasça desses desafios tecnológicos o que vai ser de verdade uma "nova" web.

***

Não posso terminar sem antes notar outra forma como a web teria agora retornado de forma meio negativa ao CERN, fechando um ciclo numa rebelião anti-progenitora. Quem falou melhor sobre isto foi o John Ellis, que nesta palestra muito boa (e extensa) mostra aproximadamente aos 40 minutos como que a web foi/está sendo utilizada pra espalhar FUD e desinformação sobre o LHC, e até mesmo desvairadas mensagens ameaçadoras carregadas de ódio.

É outra renovação que tem que ocorrer na Internet. Um terceiro tipo de "web 2.0". Além das ferramentas fundamentais e do jeitão dos sites, o conteúdo tem muito pra ser melhorado. Os usuários precisam amadurecer. O mundo precisa amadurecer, virar 2.0. Ouçam meu apelo, pessoas 1.0. Apelo ao qual acredito que se juntariam a mim esses dignatários todos que citei anteriormente, e outras pessoas de bom-senso como os estimados leitores deste humilde blargh. O apelo é: "Vê se cresce!!"

2 comments:

Mme.Z said...

Falando em conteúdo, ou falta de conteúdo na internet...

"Particle physics was bigger than Britney Spears and Amy Winehouse, for a day at least."

link-link http://www.symmetrymagazine.org/breaking/2008/09/18/particle-physics-vs-britney-spears/

Mme.Z said...

neutrons de carga negativa... paiaço!